Policiais se unem para alinhar a luta

  • quinta, 09 de setembro de 2021



Nesta quarta-feira (08), os representantes do Sindicato dos Delegados de Polícia (SINDELPOL-RJ), Sindicato dos Policiais Civis (SINDPOL-RJ), Sindicato dos Policiais Penais (SINDSISTEMA PENAL RJ) e Sindicato dos Servidores da Carreira Socioeducativa (SIND-DEGASE) se reuniram para discutir as Reformas Administrativa e Previdenciária que serão encaminhadas pelo poder Executivo.

Participaram da reunião o presidente do Sindelpol-RJ, Leonardo Affonso e o vice-presidente, Luiz Eduardo Miranda; Márcia Bezerra, presidente do SINDPOL- RJ e Luiz Cláudio Cunha, vice-presidente do SINDPOL- RJ; Gutembergue de Oliveira, presidente do SindSistema Penal-RJ, e Elisete Henriques, diretora de Comunicação/SindSistema e o presidente do Sind-Degase, João Rodrigues, para discutir ações conjuntas.

Dentre os temas relacionados à reforma previdenciária, as categorias enfatizaram a necessidade de uma regra de transição justa para as atuais categorias policiais inseridas no artigo 144 da Constituição Federal, que respeite as especificidades do Estado do Rio de Janeiro.

O texto da reforma está sendo produzido no Rioprevidência sem a participação das categorias, o que gera enorme apreensão e preocupação nos servidores.
Alguns pontos são considerados inegociáveis, como a manutenção da integralidade e paridade, respeito aos direitos adquiridos e regra de transição razoável que contemple os atuais servidores.

A extinção dos triênios também foi debatida entre os representantes sindicais, sendo unânime entre os presentes que esse direito deve ser assegurado aos atuais servidores.

Os representantes repactuaram o acordo de ação conjunta nesta e em outras pautas que sejam relativas às atividades comuns das três categorias.

Ascom Sindelpol / Sindpol /SindSistema/ Sind-Degase