Cuidadora é presa após aplicar golpe e tentar matar idosa

  • segunda, 06 de julho de 2020


Câmeras da lotérica registraram a cuidadora acompanhando a idosa antes de furtar o cartão da vítima.

Policiais da 21ªDP (Bonsucesso) prenderam Rosimari Cristina dos Santos Marcos Trindade, de 46 anos, por furto e tentativa de homicídio de uma idosa de 79 anos. A cuidadora confessou ter usado o cartão bancário de Dona Elenice e aplicado insulina nela, sem ser diabética. Rosimari foi presa na casa dela, em Rocha Miranda, Zona Norte do Rio, no dia 30 de junho, quando ela recebia material de construção comprado com o cartão furtado da idosa.

De acordo com o delegado Hilton Alonso, Rosimari é auxiliar de enfermagem e foi contratada pelo filho da vítima, através de uma agência, para cuidar da mãe durante a pandemia de coronavírus. Como ele mora em São Paulo e não teria condições de vir ao Rio com frequência, buscou um serviço de acompanhantes. Rosimari revezava durante a semana com outra cuidadora. Ele contou à policia que a mãe estava lúcida e bem de saúde.

A desconfiança surgiu depois que Dona Elenice ouviu uma ligação de Rosimari infomando que já tinha o dinheiro na conta para comprar tudo. No dia 8 de Junho, Dona Elenice ligou para o filho e informou que seu cartão de débito tinha sumido após a ida na casa lotérica onde, acompanhada de Rosimari, sacaou dinheiro e fez apostas.

O delegado disse ainda que dias após o sumiço do cartão, a idosa passou mal e precisou ser internada. A cuidadora que usou o cartão estava de plantão, mas se recusou a acompanhar a vítima e prestar informações sobre a medicação dada a ela. Os médicos que prestaram atendimento à idosa contaram que o medicamento aplicado junto com a insulina em pessoas que não têm diabetes causam queda da glicose, levando a desmaios e ao coma.

A idosa foi retirada da sedação, mas ainda não saiu do coma, não sendo possível saber a extensão dos danos cerebrais causados por conta da crise hipoglicêmica.

As investigações prosseguem para identificar se existem outras vítimas da criminosa.